Projeto permite que estados e DF legislem sobre processo penal

110
[ File # csp7839893, License # 1934251 ] Licensed through http://www.canstockphoto.com in accordance with the End User License Agreement (http://www.canstockphoto.com/legal.php) (c) Can Stock Photo Inc. / joebelanger
[ File # csp7839893, License # 1934251 ]
Licensed through http://www.canstockphoto.com in accordance with the End User License Agreement (http://www.canstockphoto.com/legal.php)
(c) Can Stock Photo Inc. / joebelanger

Tramita na Câmara dos Deputados proposta que delega aos estados e ao Distrito Federal competência legislativa sobre questões específicas relacionadas a processo penal, com o objetivo de regulamentar o parágrafo único do artigo 22 da Constituição Federal.

O Projeto de Lei Complementar 34/15, dos deputados Leonardo Picciani (PMDB-RJ) e Carlos Sampaio (PSDB-SP), descentraliza o poder de legislar sobre procedimentos preliminares do inquérito policial do processo criminal.

Os pontos que seriam delegados englobariam o procedimento de autoridade policial no momento em que tiver conhecimento da infração; os atos procedimentais do inquérito policial; os atos processuais referentes à fase preliminar dos Juizados Especiais Criminais; e as normas procedimentais relativas a medidas cautelares de investigação nas hipóteses de crimes hediondos.

Picciani e Sampaio argumentam que a proposta vai modernizar a legislação processual penal e melhorar o combate à criminalidade, respeitando as especificidades de cada estado.

Eles lembram que, em princípio, cabe à União legislar sobre processo penal. No entanto, o parágrafo único do artigo 22 permite que determinadas questões possam ser delegadas por meio de lei complementar.

Tramitação
O projeto será analisado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. O texto será votado também pelo Plenário.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Noéli Nobre
Edição – Marcia Becker