SANTA MARIA: Novos grupos para campanha de vacinação

143

19232768Município, em virtude de quantitativo remanescente, seguirá vacinando a população

por A Razão

A partir de hoje, a Prefeitura de Santa Maria dá continuidade à Campanha de Vacinação contra o vírus H1N1. Estão selecionados nesta etapa novos grupos: agentes públicos de sete secretarias de município, militares, INSS, Defensoria Pública, IGP e Câmara de Vereadores. Os profissionais desses grupos devem apresentar comprovante de função e local de atuação. (Confira abaixo onde receberão a vacina)

Os novos grupos foram definidos pela Superintendência de Vigilância em Saúde. A Secretaria de Município da Saúde decidiu pelo prosseguimento da campanha de imunização em virtude do quantitativo remanescente de sete mil doses. As demais Unidades Básicas de Saúde e ESF do município continuarão atendendo somente os grupos de risco definidos para a campanha.

Dias e locais para a vacina

Hoje e amanhã
– Secretaria de Município de Desenvolvimento Social (Erasmo Crosseti)
– Secretaria de Município da Saúde (Erasmo Crosseti)
– Defensoria Pública (Erasmo Crosseti)
– Secretaria de Município de Finanças (Erasmo Crosseti)
– Secretaria de Município de Desenvolvimento Urbano (Erasmo Crosseti)
– Secretaria de Município de Infraestrutura, Obras e Infraestrutura (Erasmo Crosseti)
– Secretaria de Município de Meio Ambiente (Erasmo Crosseti)
– Secretaria de Município de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Projetos Estratégicos (Erasmo Crosseti)
– INSS (no local)
– Câmara de Vereadores (no local)
– Exército (Centro Social Urbano)
– SINE e IGP (no local)

Quarta a sexta-feira
Locais de vacinação: a definir
– Associação dos Taxistas
– Condutores rodoviários
– Revita (grupo vulnerável)

* As demais UBS e ESF do município continuarão atendendo somente os grupos de risco definidos para a campanha.

2ª etapa da campanha contra a gripe inicia hoje na Zona Sul

Pelotas abrange apenas profissionais da segurança pública e rodoviários

A partir desta segunda-feira (30), a campanha de vacinação contra a gripe abrange outros públicos alvo além de idosos, gestantes, mulheres com até 45 dias pós-parto, crianças de 6 meses a menores de 5? anos, doentes crônicos, trabalhadores da saúde e populações indígenas.

Profissionais da área da segurança, como Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal e Estadual, Polícia Civil, Polícia Federal, Defesa Civil, Guarda Municipal, Fiscalização de Trânsito e rodoviários poderão ser imunizados em Pelotas. A Secretaria de Saúde dispõe ainda de quatro mil doses para esse grupo.

Já em Rio Grande, além de policiais, agentes e trabalhadores do transporte, também terão direito à vacina professores municipais, estaduais e federais. As doses disponíveis são as que sobraram nos postos de saúde após a primeira fase da campanha. A partir do dia 6 de junho, conforme a demanda, a imunização será aberta ao público em geral. A cidade registrou os únicos dois casos de morte por Gripe Ana Zona Sul do Estado.

Segundo a Vigilância Epidemiológica de Pelotas, cada comitê municipal responsável pela campanha define os grupos prioritários. “A estimativa é que as doses que sobraram se esgotem apenas com o contingente de profissionais da área da segurança, por isso não incluímos professores”, afirma a chefe do setor, Maria Regina Gomes.

Pelotas atingiu 88% do público alvo até agora, com 96.255 pessoas vacinadas, e Rio Grande 81%, com 37.560 pessoas.

Vacinação da gripe abre para policiais, bombeiros e professores em Caxias

Aplicação das doses para esses grupos segue até a quarta-feira

A vacinação contra a gripe em Caxias do Sul abriu nesta segunda-feira (30) para professores, bombeiros, policiais civis e militares. Foram disponibilizadas 4,9 mil doses para esses grupos até a quarta-feira. Depois desse prazo, as vacinas serão para a comunidade em geral.

Os professores devem se vacinar nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com apresentação de documento de identificação. Listas foram fornecidas pelas escolas à UBS de referência. Já a aplicação de doses para policiais civis, militares e bombeiros ocorre nos batalhões e delegacias.

A campanha, que encerrou na quarta-feira, teve 86% de cobertura entre os grupos de risco. Apesar da prorrogação do prazo para chegar aos 80% da vacinação entre crianças e gestantes, a meta para esses grupos não foi alcançada.

Caxias recebeu 127 mil doses. Dessas, 114,3 foram contabilizadas porque 10% dos frascos não comportaram as 10 doses previstas. No total, foram 103,4 mil pessoas vacinadas – incluindo grupos de risco, presos, doentes crônicos, funcionários do sistema prisional, entre outros. Das 10,9 mil doses restantes, 6 mil foram reservadas para a segunda vacina em crianças dos grupos prioritários vacinados pela primeira vez.

GAÚCHA