Governo Sartori pretende mexer no tempo de serviço e promoção para a reserva dos Brigadianos

301

thumb (3)O que não é novidade no Governo Sartori, servidores pagarão a conta dos acordos fiscais com o Governo Federal

EXTRAORDINÁRIA/ ZERO HORA 

POLÍTICA + | Rosane de Oliveira

Prevista para a última semana do recesso na Assembleia, a sessão extraordinária que o governo vai convocar tratará da previdência especial dos brigadianos e do tempo de contribuição necessário para a aposentadoria.

A ideia é condicionar a promoção automática para o posto seguinte, a que os PMs têm direito no momento da aposentadoria, à permanência por um período adicional na ativa.

As boas notícias ficam com o Piratini: o governador José Ivo Sartori pretende chamar, daqui a alguns dias, nomeados para a segurança pública. Mesmo com a vigência do decreto de contingenciamento, Sartori promoveu na sexta-feira 2,1 mil brigadianos e policiais civis.

ZD