RS pede mais recursos em primeira reunião com Ministério da Justiça

132

Secretário de Segurança pediu verbas para melhorias do sistema carcerário.
Ministro disse que pretende melhorar o trabalho contra crime o organizado.

Do G1 RS

Na primeira reunião dos secretários estaduais de Segurança com o novo ministro da Justiça, Alexandre Moraes, ocorrida na terça-feira (7), o titular da pasta gaúcha, Wantuir Jacini, pediu medidas contra a superlotação dos presídios, bem como recursos do Fundo Penitenciário para melhorias do sistema carcerário.

“Aquele que passa pelo tratamento penal trabalhando ou estudando, os índices de reincidência são baixíssimos, o que não passa pela ressocialização, os índices são de mais de 70%”, disse Jacini, afirmando que pediu medidas de fomento para o tratamento penal.

Reunião de secretários estaduais no Ministério da Justiça (Foto: RBS TV/ Reprodução)
Reunião de secretários estaduais no Ministério da Justiça (Foto: RBS TV/ Reprodução)

Já a secretária de Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, solicitou a manutenção do programa de proteção de testemunhas do estado, que hoje enfrenta problemas com repasses federais, uma vez que o governo gaúcho já tinha sido alertado sobre cortes de recursos.

“Antes da posse do novo ministro houve uma notificação de que não renovariam (o repasse). O ministro ficou de avaliar”, disse Maria Helena.

Já o ministro Alexandre de Moraes disse que vai propor mudanças na legislação com o objetivo de que apenas aqueles que cometeram crimes graves cumpram as penas presos. Para ele, boa parte da superlotação nas cadeias ocorre por exageros na determinação de penas no regime fechado e por atrasos no sistema judiciário.

“O Brasil prende muito, mas prende mal”, disse, ressaltando o foco no tratamento penitenciário contra o crime organizado.