Bandidos fazem arrastão em posto de saúde de Canoas

128

20260402Unidade Básica de Saúde União, no Bairro Mathias Velho, foi atacada por criminosos no começo da noite de quinta. Funcionários e pacientes foram feitos reféns e um carro foi levado

Por: Eduardo Torres ZERO HORA

Funcionários da Unidade Básica de Saúde União, no Bairro Mathias Velho, em Canoas, ameaçaram paralisar o atendimento na manhã desta sexta-feira como protesto pela falta de segurança para trabalhar no local. A gota d’água aconteceu por volta das 18h de quinta, quando o posto funcionava no chamado horário estendido. Pelo menos dois assaltantes fizeram um verdadeiro arrastão no local.

Os criminosos, armados, entraram na unidade e renderam os vigilantes, que não trabalham armados. Depois de fazerem um médico e uma técnica de enfermagem reféns, apontando armas para as cabeças deles, roubaram os pertences não apenas dos profissionais da saúde, como também dos pelo menos três pacientes que estavam no local naquele momento à espera de atendimento.

Todos foram deixados trancados em uma das salas do posto. Os criminosos fugiram levando o Cruze vermelho do médico e os pertences das vítimas.

Segundo relatos de funcionários, situações violentas estão cada vez mais frequentes ali. Há cerca de dois meses, houve inclusive troca de tiros diante da unidade de saúde.

Na manhã desta sexta, o atendimento foi retomado com a chegada de representantes da Brigada Militar e da Secretaria Municipal da Saúde ao local. O posto estava lotado desde cedo, em torno de 100 pacientes aguardavam na fila, porém, não haverá atendimento durante a tarde. As pessoas serão atendidas somente até o meio-dia.

Será realizada uma reunião no posto de saúde, às 15h, com a participação do Comando da Brigada Militar de Canoas e dos secretários municipais de segurança e de saúde. Funcionários estão convocando os moradores para participarem desta discussão.

Durante todo o dia, o posto móvel da Brigada Militar e uma viatura da Guarda Municipal permanecerão na unidade de saúde.