Governo reforçará segurança do Rio 2016 após atentado de Nice

101

thumb (1)Ministro da Defesa e da Justiça estarão na reunião que ocorrerá à tarde

O presidente interino Michel Temer participará na tarde desta sexta-feira de uma reunião de emergência com três ministros para reforçar a segurança dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro depois do atentado de Nice, confirmou o Planalto.

A reunião está marcada para 16h (horário de Brasília), com Raul Jungman, ministro da Defesa, Alexandre Moraes, ministro de Justiça, e Sergio Etchegoyen, ministro chefe do Gabinete de Segurança. Um brasileiro, identificado com Anderson Happel, de 24 anos, foi ferido em uma das pernas durante o atentado na França.

O portal consular do Ministério das Relações Exteriores emitiu uma nota e relatou que uma pessoa foi atindida pelo ataque. O órgão garante que não há pessoas de nacionalidade brasileira entre os mortos no atropelamento seguido de tiroteio que causou ao menos 84 mortes.

Cerca de 50 pessoas se encontram entre a vida e a morte após o atentado, segundo o presidente francês François Hollande. Hollande chegou a Nice, onde se encontrará com autoridades de segurança locais para debater a situação após o ataque. Em pronunciamento realizado nessa quinta, Hollande disse que “é inegável o caráter terrorista do ataque”.