Más condições de trabalho e atraso nos pagamentos revoltam agentes da Força Nacional

162

forcanacionalPróximo do início dos Jogos Olímpicos no RJ, agentes da Força Nacional de Segurança denunciaram as más condições de alojamento, trabalho e atrasos nos pagamentos. Os agentes disseram que tiveram que comprar os próprios colchões de ar para os alojamentos, além de instalar chuveiros, tomadas e lâmpadas no condomínio do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, onde estão hospedados.

Dia 13 de julho, parte do efetivo realizou manifestação e ameaçou abandonar a cidade do RJ. Após o protesto, o secretário de Segurança para Grandes Eventos do Rio de Janeiro, o delegado Andrei Augusto Rodrigues, disse que as diárias estavam atrasadas por motivos burocráticos, mas que o pagamento seria feito.

A Força Nacional é responsável pela segurança interna de todas as instalações dos Jogos Olímpicos. A previsão era de que 9,6 mil integrantes seriam deslocados para o RJ, mas o contingente foi reduzido para 6 mil agentes.

Paulo Rogério N. da silva

Jornalista ABAMF