Órgãos de segurança de Caxias se reúnem em homenagem a brigadiano assassinado

322

19866971Mobilização contou com “sirenaço” em frente a Catedral neste terça-feira

Por: Leonardo Lopes ZERO HORA

O Centro de Caxias do Sul parou em respeito ao soldado da Brigada Militar (BM), Luiz Carlos Gomes da Silva Filho, 29 anos, morto por criminosos durante uma abordagem em Porto Alegre na tarde de segunda-feira. Em frente a Catedral, 35 viaturas da BM, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Susepe, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE) bloquearam a rua Sinimbú e realizaram um “sirenaço”. O ato de reconhecimento foi repetido em diversos municípios gaúchos nesta terça-feira.

O manifesto teve início na Estação Férrea, por volta das 16h, e seguiu até a praça Dante Alighieri. Centenas de pedestres demonstraram solidariedade.

— Foi um ato singelo para chamar a atenção. Não podíamos deixar passar em branco esse evento tão traumático para a nossa instituição. É fato que acompanhamos o crescimento de ações contra policiais. É algo que nos preocupa e, por isso, promovemos esta mobilização. Nosso efetivo não está abandonado. Existe esta cooperação de esforços entre as instituições e há o apoio da comunidade, que foi demonstrado nesta tarde — comenta o capitão Amilton Turra de Carvalho.