“Não criamos a violência que existe hoje”, diz Sartori na Expointer

135

Governador participou da cerimônia de abertura da feira, em Esteio

Por: Zero Hora

O governador José Ivo Sartori falou sobre a crise na segurança no Rio Grande do Sul durante a cerimônia de abertura da Expointer, em Esteio. Ele destacou que o governo se solidariza às vítimas da violência e que o Estado está de “luto”. Além disso, destacou que “a segurança não é problema de um homem, de uma pessoa, de uma personalidade”.

— Posso dizer de coração que nós não criamos a violência que existe hoje no RS — disse.

Em coletiva de imprensa, ele afirmou que o Governo não demorou “absolutamente nada” em pedir apoio à Força Nacional:

— Em função da realidade que estava aí, entendemos que a hora de pedir apoio era agora.

Sartori demonstrou otimismo, afirmando que tem certeza de que todos vão trabalhar juntos para acabar com a violência, “custe o que custar”. Já o vice-governador José Cairoli reconheceu que o reforço da Força Nacional não é suficiente para superar crise. Ele disse que o governo “vai dar sensação de segurança à população”, mas não deixou claro como.

Em 2015, quando a cerimônia de abertura da Expointer foi ao ar livre, Sartori enfrentou protesto de servidores e vaias. Dessa vez, o evento ocorreu no restaurante internacional, e o governador foi aplaudido várias vezes.