Não há previsão de novos brigadianos para Santa Maria

296
nao-ha-previsao-de-novos--brigadianos-para-santa---1472213616T5U
Apesar da convocação de 530 aprovados no concurso da BM, região central não deverá ser beneficiada (Gabriel Haesbaert / A Razão)

Cerca de 50 policiais militares de Santa Maria e Região continuam em Porto Alegre

por A Razão

Apesar da convocação de 530 aprovados no concurso da Brigada Militar (BM), dentro do Plano Estadual de Segurança, não há previsão da chegada de novos policiais para os municípios da região Central do Estado. Em Santa Maria, dez policiais do Pelotão de Operações Especiais (POE) estão cedidos para Porto Alegre. Já do 2º Batalhão de Operações Especiais (BOE) são entre 37 e 39 homens.

O comandante do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon), tenente-coronel Erivelto Hernandes Rodrigues, responsável pela segurança em 19 municípios da região, não teve nenhuma informação oficial do Comando Geral da BM sobre a distribuição dos futuros soldados.

“Essa definição teremos somente em 2017. O curso de formação dura seis meses, portanto os novos policiais vão ficar prontos em março ou abril do ano que vem. Porém, acredito que a maioria atuará região Metropolitana. Já ficaria feliz se os nossos cerca de 50 homens retornassem da Capital”.

Hernandes está reformulando o quadro humano para melhorar a distribuição dos policiais em Santa Maria. “Estou otimizando o nosso efetivo para oferecer mais segurança aos nossos cidadãos e reduzir os níveis de violência”, afirma.

A Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos (EsFAS), com sede no 1º RPMon, poderá ser usada para o treinamento de 150 candidatos aprovados no último concurso da BM, mas ainda não há uma definição sobre isso.

Saiba mais

Os 530 convocados vão compor a primeira etapa anunciada no plano, com encaminhamento para o curso de formação a partir deste mês de agosto. Do grupo, 424 serão destinados à Polícia Ostensiva e 106 para os Bombeiros.

No mesmo expediente de assinatura, foi prorrogado por mais dois anos o prazo de validade dos concursos da Brigada Militar para soldado de 1ª classe.

Já na última segunda-feira, foi autorizada pelo governador José Ivo Sartori a abertura de concurso público para 106 novos servidores do IGP. São 35 vagas para perito criminal, 35 para médico-legista e 36 para técnico em perícias. O reforço no efetivo também integra as medidas do Plano Estadual de Segurança Pública.