ABAMF protesta contra parcelamento e quer ação da justiça

150

jerusaMais uma vez, o governo do RS não cumpre ordem judicial, desrespeita a Constituição Estadual, e não paga em dia os funcionários públicos, que recebem o mês trabalhado quase como esmola. A divulgação de que será depositado na conta dos servidores apenas R$ 800,00 causa  revolta no funcionalismo e novas manifestações contra o parcelamento estão sendo debatidas pelas entidades representativas dos servidores do Poder Executivo do RS.

Como um governo pode querer melhorar a situação do estado promovendo atrasos no pagamento dos servidores que impulsionam boa parte do comércio. Isto inibe o consumo, retira pessoas da linha de crédito e distribui dificuldades extras nas famílias.

Já disse o secretário de segurança do RJ José M Beltrame: “Quer melhorar a segurança pública, pague os policiais”.

A ABAMF deixa aqui o protesto dos brigadianos(as), que nunca viram um governo tão cruel como o atual.