ZERO HORA: Secretário Estadual da Segurança pede exoneração do cargo

332

19449785José Ivo Sartori constituiu um Gabinete de Crise, que será coordenado pelo vice-governador, José Paulo Cairoli 

Por: Marcelo Kervalt

Após o assassinato de uma mulher em frente ao Colégio Dom Bosco, no bairro Higienópolis, em Porto Alegre, nesta quinta-feira, o secretário da Segurança Pública do Estado, Wantuir Jacini, pediu exoneração do cargo. A confirmação foi feita por meio de nota oficial divulgada pelo Palácio Piratini.

No comunicado, o governador José Ivo Sartori afirma que constituiu um Gabinete de Crise, que será coordenado pelo vice-governador, José Paulo Cairoli.

Veja a nota na íntegra:

“O governo do Estado informa que o dr. Wantuir Jacini pediu exoneração do cargo de Secretário da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul. O governador José Ivo Sartori acabou de constituir um Gabinete de Crise, que será coordenado pelo vice-governador José Paulo Cairoli. Enquanto não for nomeado o novo secretário, esse Gabinete responderá pela área. A equipe do governo do Estado se solidariza com os familiares das vítimas da criminalidade, especialmente de Cristine Fonseca Fagundes, assassinada violentamente nesta quinta-feira. A situação entristece a todos nós. As forças de Segurança estão mobilizadas para prender os autores do crime e continuar apurando os fatos. O governador convocou todo o comando da Segurança Pública para uma reunião amanhã, sexta-feira (26), às 8h, no Palácio Piratini, para tratar de novas providências e ações na área. Depois da reunião, o governador fará uma manifestação à população e a equipe da Segurança atenderá à imprensa. O governador agradece ao secretário Jacini pelos serviços prestados, por quem nutre alto apreço pessoal por suas virtudes profissionais e morais.”