GAÚCHA: “Podem ficar tranquilos, nós não temos Brigada”, disse prefeito a criminosos durante assalto a banco

194

Prefeito de Ibirapuitã, Rosemar Hentges, foi refém após criminosos assaltarem agência bancária na cidade

O prefeito de Ibirapuitã, refém durante assalto ao banco Sicredi na manhã desta quinta-feira (2), reclamou da falta de efetivo no município, em entrevista do programa Gaúcha Repórter. De acordo com Rosemar Hentges, os policiais de Soledade – a 40 quilômetros de distância – são os responsáveis pela segurança na cidade de 4,5 mil habitantes.

Durante o assalto, o prefeito disse que tentou manter os criminosos calmos, para evitar uma tragédia maior. “Pode ficar tranquilo, nós não temos Brigada (Militar)”, declarou Hentges aos cinco bandidos, que apontavam as armas para a cabeça das vítimas.

Após a ação na agência, a quadrilha levou o prefeito como refém por cerca de dois quilômetros. Para evitar uma perseguição e troca de tiros, ele sugeriu aos bandidos que colocassem parte do corpo dele para fora do veículo.

Hentges foi deixado pelo grupo em uma estrada vicinal.

Brigada Militar, Polícia Civil e as polícias rodoviárias ainda fazem buscas na região. Uma equipe do Departamento de Investigações Criminais (Deic) também está no local, e um helicóptero da Brigada é usado nas buscas.

GAÚCHA