GAÚCHA SM: PM acusado de balear colega em São Gabriel tem prisão preventiva decretada

134

A Justiça terá o prazo de até 20 dias para concluir a investigação.

A Justiça Militar de Santa Maria decretou nesta sexta-feira a prisão preventiva do Sargento da Brigada que atirou contra um colega dentro do quartel em São Gabriel. O policial foi encaminhado ao Presídio Militar, em Porto Alegre.

A Justiça terá o prazo de até 20 dias para concluir a investigação. O caso aconteceu na quinta-feira, quando dois sargentos tiveram uma discussão e um deles disparou dois tiros e atingiu o peito do outro.

O policial baleado deixou a CTI e apresenta melhoras. A corporação não divulgou o nome dos sargentos envolvidos no caso.

GAÚCHA SM