Regional Santa Maria denuncia abandono de brigadiano ferido em serviço

293
Soldado Eberson com colegas ao deixar o hospital em janeiro de 2017.

O presidente da Regional ABAMF Santa Maria denunciou que o governo do RS abandonou o soldado Eberson da Rosa Krause a própria sorte. João Correa conversou com a mãe do brigadiano que reclamou do esquecimento do filho por parte das autoridades governamentais. ” Meu filho está em cima da cama, paga a fisioterapia do próprio bolso, tem que comprar os medicamentos e usa uma cadeira de rodas cedida pela prefeitura do município. Além disso, não está recebendo o abono especial a que tem direito”, revelou Miriam, mãe do militar.

Para Correa, o Estado não pode simplesmente descartar, esquecer, um trabalhador ferido. “Vamos entrar nesta luta para que o brigadiano receba o atendimento respeitável e de qualidade”.

Os soldados Eberson da Rosa Krause, de 31 anos, Marcos da Silva Dornelles, de 32 anos, e o 3º sargento Josimar Fagundes Haigert, de 44 anos, deslocavam-se a São Francisco de Assis, quando a viatura colidiu frontalmente com uma carreta, em outubro de 2016.  Eberson feriu-se mais gravemente, pois dirigia a viatura. Após passar alguns meses hospitalizado foi para casa prosseguir o tratamento, mas ao que parece sem que o Estado de atenção ao servidor.


Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF 

Acidente deixa três PM’s feridos em São Francisco de Assis