Pelotão de Operações Especiais realiza instrução de tiro em Erechim

296

Cerca de 30 integrantes do Pelotão de Operações Especiais (POE) de Erechim e da região Alto Uruguai, participaram na tarde desta quarta-feira, 24 de maio, de uma instrução de tiro visando aperfeiçoar técnicas a serem utilizadas em ações de alto risco e em abordagens.

O treino foi realizado no Estande de Tiro Ágile, de propriedade do Atirador Desportista e Instrutor de Armamento e Tiro, Ademir Roberto Zulian, e foi ministrado pelo Instrutor de Tiro da Brigada Militar, major André Konigonis.

Na pista, os policiais militares foram instruídos em técnicas de tiro em pé, de joelhos e deitados, tendo como meta atingir alvos a 5, 7 e 10 metros de distância. O armamento utilizado envolveu Fuzis 762, submetralhadoras .40, espingardas, calibre 12, carabinas 556 e pistolas MD6 Imbel .40.

A atividade também serviu como continuidade de treinamento para os novos membros do POE, que concluíram o curso no último dia 19 do mês passado e receberam especialização em áreas como Controle de Distúrbios Civis, Incursões a Ambientes Fechados e Intervenção em Casas Prisionais, explicou o capitão Bergamo.

Segundo o comandante do 13º BPM, tenente-coronel, Eliel de Souza Roque, a ampliação do número de integrantes do POE faz parte de uma estratégia que possibilita que os membros do pelotão fiquem sediados em Erechim, Getúlio Vargas e Nonoai, o que possibilita que policiais envolvidos em ocorrências de maior gravidade recebam apoio especializado de forma mais rápida.

Por Alan Dias / JBV Online