Representações brigadianas foram a ALRS contra urgência nos projetos que afetam categoria

219

Indignadas com a postura do líder do governo ao aceitar pedido de urgência na votação das propostas que retiram direitos da categoria brigadiana, ABAMF, ASSTBM, ABERGS e outras representações, convocaram os brigadianos e acompanharam a sessão legislativa dia 30 de maio. O deputado Luis Augusto Lara defendeu maior debate sobre as proposições.

 

O discurso do petebista aconteceu durante o Grande Expediente. O presidente em exercício da ABAMF, Solis Paim, esteve junto a mesa diretora dos trabalhos. Na sessão, o governo não obteve os votos para aprovar propostas polêmicas. Faltou quórum.

As entidades ficarão atentas para  que o governo não tente aprovar projetos que mexem com a vida dos brigadianos na calada da noite.

AVANÇAR SEMPRE , RECUAR JAMAIS

 

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF