Lagoa Vermelha: PM baleado após defender sobrinho morre em hospital

491

Soldado Everton da Silva Santos levou ao menos seis tiros

O soldado Everton da Silva Santos, de 31 anos, morreu no fim da madrugada deste sábado durante atendimento médico no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, na região Norte do Estado. O PM deu entrada na unidade hospitalar por volta da 1h, após ter levado ao menos seis tiros, na noite dessa sexta-feira, em Lagoa Vermelha, também no Norte gaúcho. O brigadiano foi baleado no peito, barriga, pernas e em um dos braços.

Lotado em Esteio, Santos ainda teve a arma roubada – uma pistola .40. Ele havia viajado a Lagoa Vermelha para visitar familiares. O crime ocorreu no bairro Rodrigues, onde mora um sobrinho do policial militar.

A discussão envolveu esse jovem, de 20 anos, e dois irmãos, um deles de 25 anos, que atirou contra o PM. De acordo com a Polícia Civil, a dupla havia ameaçado o sobrinho do policial com um facão e o militar saiu em defesa do parente. Uma desavença envolvendo a namorada de um deles motivou a briga, conforme a investigação preliminar.

O atirador, que segue foragido, prometeu se entregar à Polícia na segunda-feira.

Fonte:Lucas Rivas/Rádio Guaíba