ZERO HORA: Sem prazo para lançar editais, BM prevê até 60 mil inscritos em concurso

726
Em março, governo apresentou 350 PMs que vieram do Interior para reforçar policiamento na Região Metropolitana
Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

Corporação prefere não estimar data para lançar documento, uma vez que ainda é necessário contratar empresa e passar por diferentes trâmites

Por: Leandro Rodrigues

O Estado Maior da Brigada Militar tem cautela ao falar de quanto tempo levará para se colocar na rua o edital do concurso para soldados e oficiais da BM e dos Bombeiros. O chefe do Estado Maior da corporação, coronel Júlio Cesar Rocha Lopes, não repete a estimativa do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, que deu 30 dias para que os editais dos concurso sejam lançados.

— Evitamos falar em prazos. Agora, com a autorização do governador, iniciamos um grupo de trabalho. A primeira etapa é contratar a empresa ou fundação que vai realizar o concurso. Estamos estudando a possibilidade de dispensa de licitação para acelerar o processo, tudo dentro da forma legal. Por isso, não temos como dar prazos — afirma o coronel.

Depois de contratada, com ou sem licitação, cabe a essa empresa gerenciar o processo seletivo de acordo com as determinações da BM. Ela vai lançar o editar do concurso, com as regras e os prazos, e aplicar as provas teóricas, físicas e psicológicas. Após a seleção, caberá à BM distribuí-los nos cursos preparatórios da corporação para oficiais e soldados.

— A empresa ou fundação precisará de um prazo para lançar esse edital, vamos dizer o que queremos dos selecionados. Ela vai necessitar de uma certa estrutura, prevemos de 50 a 60 mil inscritos — diz o chefe do Estado Maior da BM.

A Polícia Civil foi procurada ao longo de todo o dia para falar sobre a seleção de policiais e delegados. Por meio de nota enviada pela assessoria de comunicação, limitou-se a informar que será aberto, nos próximos dias, o processo administrativo para viabilizar o concurso, que seguirá os requisitos legais.

_________________
O PASSO A PASSO DO CONCURSO NA BM

Contratação
– Um grupo de trabalho está debruçado sobre a forma de contratação da empresa ou fundação que irá realizar o processo seletivo.

– Essa escolha, normalmente, ocorre por meio de concorrência via licitação. Mas, para encurtar prazos, a BM estuda dispensar dessa etapa.

– O Estado Maior da BM não dá prazo para se encerrar essa fase.

Lançamento de edital
– A empresa contratada pelo Estado ficará encarregada de montar o edital do concurso, contendo todas as etapas, prazos e requisitos para os candidatos.

– A contratada terá um prazo para elaborar esse documento a partir das exigências da BM.

– E, após o lançamento do edital, haverá mais prazo para a inscrição dos candidatos.

– O Estado Maior da BM também não arrisca data para a publicação.

Preparação dos aprovados
– Ao final, a empresa aponta os aprovados no concurso.

– A partir daí, caberá à BM encaminhar os selecionados para os cursos de preparação.

– O Curso Básico de Formação Policial Militar dura sete meses.

– Nesse período, o soldado já é incorporado, recebendo salário e com direito à assistência médica.

Edital Concurso Brigada Militar RS 2014

Edital Concurso Brigada Militar RS 2014

Edital Concurso Bombeiros RS 2014

 

Quais são os requisitos do concurso para BM, Polícia Civil e Bombeiros

Governo estadual anunciou 6,1 mil novas vagas para repor efetivo

Por: Leandro Rodrigues

Confira abaixo os requisitos mínimos para cada vaga:

Soldado da Brigada Militar (Policiamento/Bombeiro)
Salário inicial de R$ 3.760,54

– Ser brasileiro.

– Ilibada conduta pública e privada, a ser comprovada segundo o edital.

– Ter, na data da inclusão para ingresso na Brigada Militar, entre 18 e 25 anos de idade.

– Possuir Ensino Médio completo ou equivalente.

– Ter CNH, no mínimo, na categoria B.

– Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares.

– Possuir a altura mínima de 1m60cm (mulheres) e de 1m65cm (homens).

– Não ter condenação criminal com pena privativa de liberdade ou qualquer condenação incompatível com a função policial.

– Não ter sido isentado do Serviço Militar por incapacidade física definitiva.

– Se reservista das Forças Armadas, deverá o candidato ter sido licenciado, no mínimo, no comportamento bom.

Oficiais da BM e dos Bombeiros (capitão)
Salário inicial de R$ 10.730,06

– Ser brasileiro.

– Ilibada conduta pública e privada, a ser comprovada segundo o Edital.

– Ter no máximo 29 anos de idade até a abertura das inscrições.

– Ser bacharel em Direito.

– Ter CNH, no mínimo, na categoria B.

– Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares.

– Ter altura mínima de 1,60m (mulheres) e de 1,65m (homens).

– Não ter condenação criminal (com pena privativa da liberdade), medida de segurança ou qualquer condenação incompatível com a função policial.

– Não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva.

– Se reservista nas Forças Armadas, deverá ter sido licenciado, no mínimo, no comportamento bom.

Carreiras da Polícia Civil
Salário inicial de R$ 5.180,71 (escrivão e inspetor) e R$ 17.658,41 (delegado)

– Ter a partir de 18 anos.

– Possuir CNH B, no mínimo.

– Estar em dia com as obrigações militares e eleitorais.

– Estar com a situação regularizada perante a Secretaria da Receita Federal.

– Possuir conduta moral, social e profissional compatível com o cargo.

– Ter saúde física, psiquiátrica e aptidão psicológica adequadas às carreiras.

– Ter curso superior de Direito (para delegados) ou qualquer curso superior reconhecido pelo MEC (para os cargos de escrivão e inspetor).