ZERO HORA: Assaltante é morto e policial fica ferido em perseguição e tiroteio no bairro Azenha

414
Rua 20 de Setembro está bloqueada para veículos para o trabalho de equipe do Instituto Geral de Perícias
Vitor Rosa

Celulares e dinheiro teriam sido levados por quadrilha na manhã desta quarta-feira

Uma perseguição após um assalto terminou com um criminoso, ainda não identificado, morto e um policial militar ferido, no bairro Azenha, em Porto Alegre, por volta das 9h30min desta quarta-feira (14).

De acordo com a Brigada Militar (BM), uma quadrilha assaltou uma loja na Avenida Azenha. Celulares e dinheiro teriam sido levados. A quantia não foi informada. Depois, pelo menos dois bandidos fugiram a pé.

Um tenente da reserva da BM teria reagido e dado início a uma perseguição. A busca teve fim na Rua 20 de Setembro, via paralela à Avenida Azenha. Um dos assaltantes, que usava colete à prova de balas e estava armado com uma pistola, trocou tiros com o policial. O criminoso foi baleado na perna e no tórax e morreu no local.

O policial militar foi atingido em uma das mãos e levado ao Hospital de Pronto-Socorro (HPS). Ele não corre risco de morrer.

Um vizinho, que preferiu não se identificar, afirmou que ouviu gritos e cerca de 10 tiros:

— A pessoa que estava perseguindo dizia “para, meu, para! Perdeu!”, mas acho que ele não respeitou.

A Rua 20 de Setembro foi bloqueada para veículos para o trabalho de equipe do Instituto Geral de Perícias. Duas viaturas da BM e quatro da Polícia Civil foram até o local. A polícia fez buscas na região, mas não encontrou os demais integrantes da quadrilha.