Candidato ao Piratini pretende mexer na previdência e carreira dos brigadianos

726

O pré-candidato Eduardo Leite – PSDB – em entrevista a um canal de televisão deixou claro a intenção de mexer na previdência e na carreira dos brigadianos. De acordo com o ex-prefeito de Pelotas, “não há como colocar dinheiro em tonel furado” , referindo-se ao atual modelo de aposentadoria e valorização dos militares estaduais. A contratação de novos servidores, conforme o tucano, está diretamente ligada as mudanças. A intenção é clara: diminuir conquistas e aumentar o tempo de serviço.

O partido de Eduardo Leite deu sustentação ao governo do PMDB que durante toda a gestão sacrificou os servidores do Executivo com parcelamento e atraso dos salários, mesmo com o flagrante descumprimento da lei.

Já o pré-candidato Jairo Jorge – PDT, ex-prefeito de Canoas – destacou em entrevista a um jornal que pretende sentar com os servidores e fazer um calendário do pagamento dos salários. Há somente um porém, o parcelamento e depois o atraso de salários resume-se aos servidores do Executivo. Além disso, o pagamento no último dia útil do mês trabalhado está na Constituição, que está simplesmente sendo ignorada.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF