PM é atingido por pedrada e sofre traumatismo craniano durante confusão de torcedores em Estrela

256

Homem que apedrejou soldado de Estrela é preso
Após investigação da Polícia Civil e Brigada Militar o acusado de 21 anos foi encontrado

Fato aconteceu em meio a ação policial para desobstrução de uma rua

GAUCHAZH

m policial militar lotado no 40º Batalhão de Polícia Militar (40º BPM), em Estrela, no Vale do Taquari, foi atingido por uma pedrada na cabeça, no início da madrugada desta quinta-feira (18), durante ação para desobstruir uma rua onde ocorria comemorações pelo título do Grêmio, no Campeonato Gaúcho. Com traumatismo craniano, o soldado foi hospitalizado e seu estado é considerado regular.

De acordo com um colega do PM ferido, a corporação foi acionada por volta de 0h30min, pois vários carros estariam obstruindo a Avenida Rio Branco, no bairro Oriental, na frente de um bar.

No local, segundo o boletim de ocorrência, torcedores do Grêmio que participavam das comemorações teriam começado a atirar latas de cerveja e a chutar a viatura.

Os policiais militares passaram a usar spray de pimenta e balas de borracha na tentativa de dispersar as pessoas que se concentravam no local. Em meio ao tumulto, um dos PMs, que não teve o nome divulgado, foi atingido pela pedrada.

Ainda durante a madrugada, um homem foi preso por incitar a confusão. Na tarde desta quinta-feira (18), o suspeito de ter atirado a pedra — apontado por testemunhas — foi apresentado à Polícia Civil e ainda está sendo ouvido.

O PM ferido, de acordo com seus colegas, está em observação na Unidade de tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Estrela.