Mesmo com ao menos cinco PMs por município, BM não garante policiamento 24 horas em todas as cidades

93

Na segunda-feira, quartel de Faxinalzinho foi atacado durante assalto a banco, quando policiais estavam de folga

GAUCHAZH

Desde o final de julho 2 mil novos soldados da Brigada Militar aprovados em concurso foram distribuídos em todo o Rio Grande do Sul. Com isso, sanou-se um antigo problema na área da segurança pública, que era a ausência de policiais em pequenas cidades do Interior. O ingresso dos novos militares fez com que todos os 497 municípios gaúchos passassem a ter ao menos cinco policiais.

De acordo com o comando da corporação, essa medida, no entanto, não garante que haverá patrulhamento 24 horas por dia em todas as cidades. Foi o que ocorreu na manhã de segunda-feira (9), em Faxinalzinho, cidade com apenas 2,5 mil habitantes, no norte do Estado. Criminosos atacaram uma agência do Banrisul, roubaram o dinheiro, mantiveram reféns e ainda atiraram contra o quartel da Brigada Militar durante a fuga. Nenhum policial estava de plantão no dia, já que os cinco brigadianos que atuam na cidade tiveram que trabalhar no fim de semana na segurança de uma feira na cidade vizinha de Herval Grande e estavam de folga na segunda-feira.  

De acordo com o comando da corporação, essa medida, no entanto, não garante que haverá patrulhamento 24 horas por dia em todas as cidades. Foi o que ocorreu na manhã de segunda-feira (9), em Faxinalzinho, cidade com apenas 2,5 mil habitantes, no norte do Estado. Criminosos atacaram uma agência do Banrisul, roubaram o dinheiro, mantiveram reféns e ainda atiraram contra o quartel da Brigada Militar durante a fuga. Nenhum policial estava de plantão no dia, já que os cinco brigadianos que atuam na cidade tiveram que trabalhar no fim de semana na segurança de uma feira na cidade vizinha de Herval Grande e estavam de folga na segunda-feira.