ABAMF entrará com ação visando a suspensão dos novos descontos previdenciários

243

Neste mês de junho, passam a vigorar os novos descontos de previdência dos militares estaduais, onde atinge a totalidade dos servidores inativos, que terão esse valor praticamente dobrado na próxima folha, onde pela norma anterior pagavam o que excedia o teto INSS e agora pagarão as alíquotas descritas abaixo em oito faixas, de acordo com o seu salário: quem recebe até um salário-mínimo, passa a contribuir com 7,5%; entre um salário-mínimo e R$ 2 mil, com 9%; de R$ 2.000,01 até R$ 3 mil, 12%; de R$ 3.000,01 até o teto do INSS, 14%; do teto a R$ 10 mil, 14,5%; de R$ 10.000,01 a 20 mil, 16,5%; R$ 20.000,01 a R$ 39 mil, 19%; e acima de R$ 39 mil, 22%.

A ABAMF, prepara remédio jurídico, por descumprimento da Lei Federal, e ingressará na justiça contra esta lei inconstitucional contra os militares estaduais. Em breve divulgaremos o andamento da ação.