Governo entrega projeto de reajuste na AL

244
Mesmo sem aval dos brigadianos, governo entregou proposta
Mesmo sem aval dos brigadianos, governo entregou proposta no Legislativo

O Governo do RS entregou, na tarde de 2 de dezembro, na Assembleia Legislativa o projeto de reajuste  salarial para servidores de nível médio da Brigada Militar.  O documento foi entregue pelo secretário-chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, ao presidente do Legislativo, Pedro Westphalen (PP).

O governo entregou o documento mesmo tendo conhecimento da rejeição da proposta pela categoria e acredita que os números evitarão protestos no próximo ano, antes da Copa do Mundo. O salário básico de um soldado, agora,  R$ 1, 7 mil alcançará R$ 4.050,80,  somente em 2018. Isto significa a permanência dos brigadianos na parte mais baixa da pirâmide de salários entre as polícias militares brasileiras.
Segundo o líder do governo na AL, deputado Valdeci Oliveira, o projeto será acompanhado de perto. “Vamos monitorar o andamento deste PL para poder encaminhar a pauta da melhor maneira possível. O reajuste vai valorizar a categoria”, afirmou.
O comandante-geral da BM ressaltou a importância do projeto para a Corporação. “Esperamos o apoio da Assembleia porque é um projeto importante para a BM, é um aumento histórico. Em um período de oito anos, os servidores nunca haviam recebido nada igual”, afirmou o coronel Fábio Duarte Fernandes. Na assembleia geral dos servidores de nível médio, foi aprovada a reivindicação de troca do Comando, devido ao afastamento do comandante da base da tropa.
Sem chamar as entidades para o diálogo, o governo gaúcho arrisca-se a enfrentar movimentos de protestos em 2014. De imediato, as entidades devem trabalhar junto aos deputados para melhorar os números dos reajustes.
Foto: Vinicius Reis
Paulo Rogério N. da Silva
Jornalista ABAMF 7355/RS