PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS POLICIAIS MILITARES, SERÁ PRESO POR TER FALADO SOBRE AS CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS PMs E BMs DO RIO GRANDE DO SUL.

192
100_9135O soldado João Domingues, presidente da Associação de Cabos e Soldados Policiais Militares, será preso nesta quarta-feira, dia 04, na Polícia Militar da Cidade de Pelotas/RS.
O crime cometido pelo citado militar foi ter falado na Rádio Pelotense do Rio Grande do Sul, sobre as condições de trabalho dos policiais e bombeiros militares, do não atendimento dos PMS e BMs reformados e da falta de viaturas para melhor atender a população.
Segundo informações obtidas, foi determinada a prisão imediata do soldado Domingues, em virtude do mesmo fazer parte do grupo que negocia salário e plano de carreira e ser contrário à proposta que foi apresentada pelo Governo Gaúcho.
É de se lamentar tal perseguição ao companheiro, pois enquanto bandidos estão soltos, um pai de família que luta por melhores condições salariais e de trabalho para os PMs e BMs do Rio Grande do Sul, é preso e perseguido.
A AMESE vem se solidarizar com o Sd. Domingues e conclama as demais associações de todo o Brasil a se solidarizar com o bravo companheiro e mostrar a perseguição que é feita ao companheiros que lutam por melhores condições para os PMs e BMs em seus Estados.O companheiro Domingues esteve presente no II Encontro Regional da Anaspra no Nordeste, realizado pela AMESE, no dia 31 de outubro.
Permito-me respirar e veicular rápidas observações. As mais graves ainda estão em estudo
A contar do dia de hoje, está preso no 4 BPM, em Pelotas, o PM João Domingues, presidente da Associação dos Cabos e Soldados daquela região. Segundo o que foi captado em minha torre, Domingues, em entrevista à rádio Pelotense, abordou as condições de trabalho dos policiais e bombeiros, o não atendimento dos aposentados e a falta de viaturas para melhor atender a população. Domingues faz parte do grupo que negocia o salário e o plano de carreira dos servidores de nível médio da Brigada e estaria posicionado contrário ao projeto do Piratini sobre a questão.
Jornal O Sul

http://youtu.be/N3ZAR-USijI