Pesquisa: policiais querem desmilitarização e reclamam da corrupção

184

policiamento_rj20140530_0009Uma pesquisa feita pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostra que 73,7% dos 21.100 policiais ouvidos querem a desmilitarização da polícia. O levantamento também diz que 93,6% dos agentes acreditam que a corrupção nas corporações dificulta o trabalho.

Os policiais também reclamaram dos baixos salários: 99% deles afirmam que o trabalho é dificultado. Os treinamentos deficientes também foram motivos de reclamação: 98,2%. A desvinculação das polícias do Exército aumenta quando os entrevistados são policiais militares: 76%.

Os entrevistados da pesquisa também pedem Justiça, tanto para os suspeitos quanto para eles. Um grande número (83,7%) disse acreditar que o policial que mata um suspeito deve ser investigado e julgado. Porém, 43,35 deles acham que o agente deve ser inocentado, enquanto outros 43,2% querem vê-lo premiado pela corporação.

De acordo com a pesquisa, os policiais acreditam que a integração das polícia em carreira única e de natureza civil, além da diminuição da burocracia, são um caminho para a modernização das corporações.

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública realizou a pesquisa em parceria com a Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas e com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Os 21.110 policiais foram ouvidos entre 30 de junho e 18 de julho. Os agentes são integrantes das Polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal, e do Corpo de Bombeiros.

Fonte: Redação SRZD