45ª Operação Golfinho é lançada em Tramandaí, no Litoral Norte do RS

222
Salva-vidas fazem treinamento para 45ª Operação Golfinho (Foto: Divulgação/Brigada Militar)
Salva-vidas fazem treinamento para 45ª Operação Golfinho (Foto: Divulgação/Brigada Militar)

Ações da Brigada Militar serão intensificadas até o dia 2 de março de 2015.
A cobertura abrange 89 balneários, praias e municípios com águas internas.

Foi aberta oficialmente na manhã deste sábado (20) a 45ª Operação Golfinho da Brigada Militar no Rio Grande do Sul. A solenidade foi realizada na Praça General Muller, na esquina da Av. Beira-Mar, em Tramandaí, no Litoral Norte. Até o dia 2 de março de 2015, serão intensificadas as ações de polícia ostensiva e dos bombeiros nas praias, balneários e as chamadas águas internas, que são lagos, rios e açudes em municípios do interior.

Salva-vidas treinam resgate para Operação Golfinho (Foto: Divulgação/Brigada Militar)Salva-vidas treinam resgate para Operação Golfinho
(Foto: Divulgação/Brigada Militar)

O objetivo é evitar afogamentos, realizar salvamentos e aumentar a segurança em vias públicas. As ações abrangem 89 balneários, em cidades do Litoral Norte e Litoral Sul, e em municípios com águas internas.

No primeiro período da operação, que vai até 31 de dezembro, o efetivo total da Brigada Miltar será de aproximadamente 1.800 policiais militares, sendo 840 para as ações de policia ostensiva e de 960 para atividades de bombeiros e de salva-vidas.

A partir de 1º de janeiro de 2015, a previsão é de um total de 2.600 PMs, sendo cerca de 1.400 para as atividades de polícia e de 1.200 bombeiros e salva-vidas.

Os salva-vidas estarão distribuídos em 330 guaritas: 230 no Litoral Norte, 30 no Litoral Sul e 70 em águas internas. Também serão feitas ações de polícia ostensiva rodoviária, ambiental e fazendária, além do uso de aeronaves da Corporação para apoio às ações de policia e auxílio em salvamentos, resgates e buscas.

Helicópteros serão usados durante todo o período de veraneio (Foto: Divulgação/Brigada Militar)
Helicópteros serão usados durante todo o período de veraneio (Foto: Divulgação/Brigada Militar)