ABAMF em luto pelo assassinato de dois PMs

244

pm lutoAtaques aos policiais mostram inércia das autoridades

A ABAMF, mais uma vez, indignada como todos os PMs, lamenta a morte de dois brigadianos, um da ativa- Sargento Silvio Rodrigo dos Santos, 38 anos –  e o outro da Reserva Altiva – Rosvel de Jesus Dendena, 44 anos. A entidade já alertou, por diversas vezes, vereadores, deputados, prefeitos, governador e autoridades do judiciário para a falta de temor dos bandidos frente a lei e a aplicação pouco eficiente das penalidades que incentivam os bandidos a atacar policiais e reincidir nos crimes.

Agora, num periodo que era para ser festivo, mais famílias de policiais militares choram a perda de uma vida. É mais uma esposa que fica sem o marido, mais um filho que fica sem pai. É também maior a indignação dos policiais com a inércia das autoridades legislativas e judiciárias perante a sequência de assassinatos cometidos nos roubos, o que deixa a impressão do pouco valor atribuído a vida dos agentes da segurança pública.

A ABAMF chora com essas famílias e promete seguir insistindo com deputados estaduais e federais para que os ataques contra agentes da segurança pública sejam transformados em crimes hediondos. Esperamos ainda que as autoridades judiciárias mantenham esses assassinos na prisão. O sangue dos policias não está somente nas mãos dos atiradores, mas também na pele daqueles que têm o poder mas nada fazem para frear essas tragédias.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF