ABAMF manterá luta pela isenção a sargentos e tenentes nos ônibus

158
Vereador Cássio Trogildo conversou com a ABAMF e encaminhou o projeto
Vereador Cássio Trogildo(d) conversou com a ABAMF e encaminhou o projeto

A sanção do prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti, publicada dia 8 de janeiro no Diário Oficial de Porto Alegre, que permite a circulação de PMs e bombeiros, em traje civil, nos ônibus sem o pagamento da tarifa, não atendeu completamente aos brigadianos. Ao vetar parte da lei, excluindo sargentos e tenentes do benefício, o prefeito deixou de atender parte do nível médio da BM.

A ABAMF reconhece o atendimento a reivindicação dos soldados, mas vai manter o diálogo com os vereadores e a prefeitura para que  sargentos e tenentes possam também ser contemplados, uma vez que fazem parte do nível médio e estarão aptos a agir em caso de qualquer delito dentro dos ônibus.

A ABAMF agradece aos vereadores de Porto Alegre pela aprovação unânime e de forma rápida da proposta no Legislativo, especialmente ao vereador Cássio Trogildo, autor do projeto, e espera apoio para a extensão do benefício a todo o nível médio da BM, uma vez que isso não representa nenhum prejuízo as empresas de transporte coletivo, que já isentavam todos os brigadianos fardados, mudando somente a forma de identificação.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF