Corte de horas extras provoca fechamento de quartel dos bombeiros em Canoas

223
Quartel no Bairro Mathias Velho amanheceu fechado nesta sexta-feira Foto: Paulo Rocha / Agência RBS
Quartel no Bairro Mathias Velho amanheceu fechado nesta sexta-feira
Foto: Paulo Rocha / Agência RBS

Segundo o comandante regional, major Márcio Uberti Moreira, se até o dia 20 não houver o repasse de horas extras, outros quartéis serão fechados

corte no pagamento de horas extras provocou o fechamento do quartel do Bairro Mathias Velho, em Canoas. O posto está fechado desde o turno desta quinta-feira. O 8º Comando Regional dos Bombeiros aguardava até o último dia 10 uma confirmação se haveria o pagamento de horas extras para o mês, o que não aconteceu. As informações são da Rádio Gaúcha.

Os três bombeiros que trabalhavam no quartel do Bairro Mathias Velho foramdeslocados para a unidade do Centro de Canoas. O município é o único na área do 8º Comando Regional dos Bombeiros que possuía dois quartéis. Os outros municípios (Esteio, Alvorada, Gravataí, Viamão, Guaíba, São Jerônimo e Camaquã) possuem apenas um.

O posto do Bairro Mathias Velho havia sido reaberto em abril de 2013, após mais de um ano fechado por falta de efetivo e equipamentos. Segundo o comandante regional, major Márcio Uberti Moreira, caso não haja a confirmação do pagamento,outros quartéis poderão ser fechados nos demais municípios.

— Se até o dia 20 não tivermos repasse de horas extras, não teremos efetivo para suprir o restante dos dias em quase todos os quartéis, com exceção de Viamão e Camaquã — alerta o comandante.

O 8º Comando Regional dos bombeiros trabalha, hoje, com um terço do efetivo necessário. O total previsto é de 449 agentes. Atualmente, atuam 181. A situação é agravada nesta época do ano devido a férias e ao efetivo deslocado para a Operação Golfinho.

Paulo Rocha

DIÁRIO GAÚCHO