Sartori e vice-governador abrem mão de reajuste salarial

286

Sartori e vice-governador abrem mão de reajuste salarial | Foto: Governo do Estado / Twitter / Divulgação / CP
Sartori e vice-governador abrem mão de reajuste salarial | Foto: Governo do Estado / Twitter / Divulgação / CP

Comunicado ocorreu em entrevista coletiva no Palácio Piratini

Em um comunicado extraordinário, feito na manhã desta segunda-feira, o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, declarou que ele e o vice, José Paulo Cairoli, abriram mão do reajuste salarial, sancionado ainda na semana passada. “Nós ouvimos a voz dos gaúchos, que é mais importante para mim e para o Cairoli. É uma decisão pessoal nossa”, disse em entrevista coletiva no Palácio Piratini. 

Sartori relatou que pensou muito antes de sancionar o aumento do próprio salário e dos secretários. “Quero reconhecer que fiquei em dúvida sobre a decisão. Poderia ter vetado, poderia ter silenciado, mas preferi sancionar porque envolvia outros poderes num mesmo projeto de lei. A opinião pública reagiu e quero deixar claro que não tenho receio de rever posições. Sou uma pessoa como qualquer outra, que erra. E acho que erra mais quem não tem humildade de voltar atrás. Este recuo é uma preservação da realidade”, acrescentou.  

O reajuste elevaria os vencimentos do governador para R$ 25,3 mil. O chefe do Executivo recebe atualmente R$ 17,3 mil por mês. O vice-governador, que recebe R$ 11,5 mil, teria vencimentos no valor de R$ 18,9 mil.

Correio do Povo e Rádio Guaíba