ZERO HORA: REFORMA NA PREVIDÊNCIA

148
IMAGEM GOOGLE
IMAGEM GOOGLE

Rosane de Oliveira

Está nos planos do governador José Ivo Sartori propor à Assembleia mudança radical na previdência dos servidores públicos. A ideia é garantir a aposentadoria até o teto do INSS e adotar o sistema complementar para quem quiser renda maior na inatividade.

A justificativa é de que mesmo o fundo criado no governo de Tarso Genro para os novos servidores não tem sustentabilidade atuarial.

O projeto ainda não está maduro para entrar no pacote de fevereiro, que será apresentado depois do Carnaval.

CORTE DE GRATIFICAÇÃO

No pacote de medidas para conter gastos, está uma revisão criteriosa das gratificações pagas a servidores públicos para que continuem trabalhando depois de completarem o tempo e as condições para a aposentadoria.

As gratificações só serão mantidas para quem for considerado realmente indispensável na função.

A avaliação preliminar é de que o Estado pode oferecer os mesmos serviços com menor número de servidores, se todos cumprirem a carga horária e as tarefas inerentes às funções.

ZERO HORA