ABAMF repudia prisão de PMs no Paraná

162

policiais-centro-civico-5-758x499A ABAMF manifesta REPÚDIO contra o ato ditatorial do governo do Estado do Paraná, que castiga 17 PMs com prisão por não concordarem com a repressão ao movimento de trabalhadores. Isto acontece por que a Polícia Militar ainda usa um regimento disciplinar que permite estes atos, típicos da ditadura.

Atos deste tipo mostram o quanto é importante a implantação de um Código de Ética para as Polícia Militares em todo o país, colocando fim a prisão administrativa. Espera-se que deputados e senadores se pronunciem e o ato seja revisto, sem causar prejuízo a carreira desses trabalhadores.

A ABAMF, como representante dos policias militares e bombeiros militares do RS,  solicita total atenção ao que aconteceu no Estado do Paraná para que a PM não seja usada, irresponsavelmente, como instrumento de violência contra aqueles que pensam diferente dos governantes.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF