Homem atira contra filho e esposa brigadiana e se mata em Cruz Alta

217
Foto: Amauri Rodrigues / Rádio Cruz Alta AM
Foto: Amauri Rodrigues / Rádio Cruz Alta AM

Criança não resistiu e mulher está em estado grave

Um homem de 33 anos atirou contra o filho e a mulher, uma soldado da Brigada Militar, e se matou em Cruz Alta, na região Noroeste do Estado. O caso aconteceu por volta das 11h deste sábado (25) na residência do casal, na Travessa Emílio Rodrigues Aranha, número 58, no Bairro Turíbio Veríssimo.

Segundo a Polícia Civil, João Antônio Moreira Blanco utilizou a arma da esposa, uma pistola calibre 40, para atirar contra ela. Josiane Pontes da Silva, de 30 anos, foi atingida na nuca e está internada no Hospital Santa Lúcia, de Cruz Alta, em estado grave. O homem, que era mototaxista, também disparou contra o filho de sete anos. Logo depois, ele se matou com um tiro na cabeça.

A mulher e o filho estavam vivos quando uma familiar, que é vizinha, foi até a casa após ouvir os disparos. O menino foi encaminhado ao hospital, mas não resistiu. De acordo com a polícia, a soldado da Brigada Militar sofria violência doméstica e resistia em solicitar uma medida protetiva. Conforme testemunhas, ainda nesta manhã ela havia sido vítima de agressão física do marido.

O casal tinha outros dois filhos, uma menina de 11 anos e um menino de dois anos de idade. Eles estavam na casa de familiares.

RADIO GAUCHA