Governo do Estado confirma congelamento de salários

202
O projeto prevê o congelamento de reajustes salariais para o funcionalismo público Foto: Matheus Schuch  / Gaúcha
O projeto prevê o congelamento de reajustes salariais para o funcionalismo público
Foto: Matheus Schuch / Gaúcha

José Ivo Sartori não quis conversar com a imprensa após o anúncio

O governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa, nesta sexta-feira (15), o projeto de lei que define as Diretrizes da Lei Orçamentária (LDO) de 2016. O projeto prevê o congelamento de reajustes salariais para o funcionalismo público. A proposta é manter em 2016 somente a correção de 3% nos vencimentos, índice que é relativo ao chamado crescimento vegetativo – direitos conquistados por lei pelos trabalhadores. As despesas de custeio e investimento estão mantidas.

O governador não quis conversar com a imprensa. Já o secretário do Planejamento, Cristiano Tatsch, disse que a proposta financeira leva em conta a atual situação do Estado.

“Nós temos uma receita que é finita e limitada e é bem menor do que nós gostaríamos.É isso que determina a previsão do nosso orçamento”. explicou.

Na saída do evento, o vice-governador José Paulo Cairoli, afirmou que, apesar da falta de receita, não haverá aumento de impostos neste ano. “ Não vamos encaminhar nenhum projeto (sobre aumento de impostos)”, declarou.

O documento entregue à Assembleia dá detalhes da situação financeira do Estado, mostrando perdas nas receitas transferidas pela União nos últimos anos. Sobre o cenário fiscal, foram adotados os mesmos parâmetros de inflação e crescimento apresentados na LDO da União.

RADIO GAÚCHA