Aquartelamento mostra a revolta dos brigadianos com parcelamento salarial

189
Em Ivoti, filho de militar impede saída de viaturas do quartel
Em Ivoti, filho de militar impede saída de viaturas do quartel

Menos brigadianos nas ruas, menos viaturas circulando, menos policiamento ostensivo nas rua do RS. A Operação Dignidade, com brigadianos ficando dentro dos quartéis, iniciou na manhã de 31 de agosto em protesto pelo desrespeito do governo gaúcho com os servidores do Poder Executivo. Como pagamento os trabalhadores receberam R$ 600,00, sendo o restante pago até o dia 22 de setembro.

Em Livramento, brigadianos fazem protesto desde a madrugada
Em Livramento, brigadianos fazem protesto desde a madrugada

Cidades como Ivoti, Charqueadas, Alvorada, Santa Maria, Cachoeira do Sul, Pelotas, Montenegro, Garibaldi, Esteio, Livramento, entre outras, já sentem a falta de segurança nas ruas. O movimento será intensificado a partir de amanhã. A ABAMF alerta os cidadãos para tomar cuidado frente a atuação de criminosos.

As entidades brigadianas estão inconformadas com o tratamento do governador, que em meio a falta de ações para cumprir os compromissos financeiros com a folha salarial do Executivo, aparece  dançando na Expointer.

Brigadianos e viaturas dentro dos quarteis em Santa Maria
Brigadianos e viaturas dentro dos quarteis em Santa Maria
  • O governador Sartori descumpre o artigo 35 da Constituição Estadual, que dita: “O pagamento da remuneração mensal dos servidores públicos do Estado e das Autarquias será realizado até o último dia útil do mês do trabalho prestado”. 

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF