Mais de 400 servidores estaduais participam de protesto em Santa Maria

194
Pelo menos 400 pessoas participam de protesto em Santa Maria; na foto, eles ocupam o calçadão Foto: Bibiana Dihl / Gaúcha SM
Pelo menos 400 pessoas participam de protesto em Santa Maria; na foto, eles ocupam o calçadão
Foto: Bibiana Dihl / Gaúcha SM

Manifestação é contra o parcelamento de salários; Polícia Civil e Brigada Militar trabalham com restrição

Nesta segunda-feira dia de protestos, servidores estaduais fazem caminhada pelo centro de Santa Maria. São pelo menos 400 representantes da Polícia Civil, Brigada Militar, IGP e Susepe.

Às 13h30, eles saíram de diversos pontos da cidade e se concentraram na Praça Saldanha Marinho, no centro do município. Depois, saíram em caminhada, passando pelo Calçadão Salvador Isaíae indo em direção às principais ruas da cidade. Os manifestantes carregam faixas e, com o apoio do carro de som, cantam o hino do estado do Rio Grande do Sul.

A Polícia Civil segue fazendo apenas o registro de ocorrências graves até o pagamento dos salários. Os policiais civis atendem apenas casos graves como homicídios, estupro, crimes envolvendo crianças e adolescente e Lei Maria da Penha. Nesta terça-feira (4), a Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento retoma as atividades, mas continua não fazendo o registro de ocorrências que não são criminais.

O comando da Brigada Militar (BM) da Região Centro do Estado informou que o policiamento ostensivo não tem alterações. No entanto, o sindicato aponta que o regimento trabalha com três viaturas, quando o normal são 15, e o Batalhão de Operações Especiais (BOE) trabalha com quatro, quando o normal são 10. Cerca 60% dos policiais militares que deveriam estar circulando pelas ruas da cidade estão parados no quartel, segundo o sindicato.

GAÚCHA SM