Rádio Guaíba: Associação de Cabos e Soldados entra na Justiça para que Estado chame 2,5 mil concursados da BM

208

11350709_876980805716058_3016183685603933934_nDéficit de policiais ultrapassa número de PMs ativos no RS

A Associação Beneficente Antônio Mendes Filho (Abamf), que representa os servidores de nível médio da Brigada Militar (BM), entra hoje à tarde, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, com um mandado de segurança coletivo para que aprovados no concurso de 2014 sejam nomeados pelo governo gaúcho.

A entidade revela preocupação com a redução constante do efetivo policial. O presidente da Abamf, Leonel Lucas, explica que o pedido partiu de policiais ativos, já que a queda no efetivo eleva o risco a quem trabalha no policiamento ostensivo, sobretudo em municípios menores.

“Nós estamos entrando com um mandado de segurança coletivo para (exigir o) ingresso de 2,5 mil concursados da Brigada a pedidos dos nossos próprios colegas, os brigadianos da ativa. Porque eles estão correndo risco de vida (trabalhando) sozinhos em muitas cidades do Interior do Estado. Por isso nós estamos entrando com esse pedido no Tribunal de Justiça”, explicou Lucas.

Atualmente, o déficit de PMs chega a 18 mil, superando o total de policiais ativos, que é de 17 mil, conforme a Associação. A Abamf também salienta que, somente no primeiro semestre de 2015, mais de 1,5 mil policiais foram desligados da corporação. A maioria pediu aposentadoria.

Fonte: Vitória Famer / Rádio Guaíba