RS tem manchetes de assassinatos, assaltos, explosões em bancos e PMs feridos

178

11811453_960192670689326_8808270274709008447_nExplosões de bancos, assassinatos, assaltos em via pública e violência. Essas são as manchetes principais nos jornais do RS, que registrou, de 7 a 9 de agosto, 29 assassinatos. Somente em Porto Alegre foram 10 homicídios em 24 horas. Dois policiais militares foram feridos à bala ao impedirem ação de bandidos.

No final de semana do dia dos Pais, o que ganhou maior destaque foi a insegurança. O governo continua a cortar verbas de custeio da BM, dessa vez a cota de combustíveis ficou ainda menor, pois houve pedidos a comandantes que diminuíssem o gasto. Como se não bastasse, o governo encaminhou a Assembleia Legislativa projeto para alterar a ida para a reserva remunerada, causando mais desconfiança e indignação nos brigadianos.

O presidente da ABAMF, concedeu entrevista ao Jornal Correio do Povo, considerando simples o problema da criminalidade crescente. “Basta ter mais policiais miliares nas ruas”, disse Leonel Lucas. O déficit humano na BM já ultrapassa 50%, e conta com  apenas 19 mil militares, incluindo bombeiros.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF