Salário parcelado paralisará serviço público dia 31 de agosto

140

IMG_3314Reunidos, dia 24 de agosto, representantes de 43 categorias que compõe o Movimento unificado dos Servidores Públicos Estaduais do RS, reafirmaram a decisão tomada na assembleia geral de 18 de agosto, no Largo Glênio Peres, de paralisar os serviços dia 31, caso os salários sejam parcelados.

Na reunião, também foi confirmada a mobilização, dia 3 de setembro, último dia da paralisação, para lotar a Assembleia Legislativa e acompanhar a votação do PL 206/15. O projeto propõe normas de responsabilidade fiscal no âmbito estadual  corta reajustes, promoções, novas nomeações, e coloca os servidores e o serviço público no corredor do esquecimento.

O presidente da ABAMF, Leonel Lucas, confirma: ” caso os salários sejam parcelados no dia 31, imediatamente começará a operação padrão e os brigadianos ficarão nos quartéis, atendendo somente casos urgentes”.

O governo permanece com o filme de horror, ao qual submete os servidores gaúchos, desde que assumiu. A informação é que os servidores no final do mês receberão somente de R$ 500,00 a R$1 mil.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF