Comando da BM afirma que Santa Maria está sem policiamento

147
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Familiares impedem a saída dos policiais militares e viaturas dos quartéis da Brigada Militar

O comandante da Brigada Militar (BM) em Santa Maria, tenente-coronel Gedeon Pinto da Silva, confirmou à Rádio Gaúcha, por volta das 10h desta quarta-feira, que a cidade está sem policiamento ostensivo.

Em uma mensagem de texto, ele afirmou que não há policiais a pé ou em viaturas pelas ruas. Gedeon confirma que há apenas uma viatura para atender casos de emergência. Entretanto, ela está dentro do quartel do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon), na Rua Pinto Bandeira, onde familiares de policiais impedem a passagem do servidores e dos carros.

Na terça-feira, os familiares já haviam tomado a frente dos quartéis, impedindo que os servidores saíssem. Entretanto, o comando da BM não havia admitido a falta de policiamento na cidade.

A falta de policiamento deve refletir diretamente na abertura das agências bancárias. Nesta manhã, o representante do Sindicato dos Bancários de Santa Maria, Claudenir Freitas, afirmou que se não houvesse policiamento nas ruas, a orientação era que as agências não abrissem as portas.

A decisão estava ancorada na liminar concedida na noite de terça-feira pelo desembargador federal do Trabalho do Tribunal de Justiça do Trabalho 4 Região (TRT4), Marcelo José Ferlin D’Ambroso. Ele autorizou os bancos a não abrirem em função da falta de segurança.

ZERO HORA