Para auditor, discurso de que falta dinheiro ao Estado é ‘mentiroso’

99
Para auditor, discurso de que falta dinheiro ao Estado é 'mentiroso'
Para auditor, discurso de que falta dinheiro ao Estado é ‘mentiroso’

Para o presidente do Centro de Auditores Públicos Externos do Tribunal de Contas do Estado (Ceape/TCE-RS), Josué Martins, as proposições colocadas pelo governo não solucionarão a crise. “O discurso de que falta dinheiro é mentiroso. O governador está usando uma tática maldosa para aprovar aquilo que quer. Ele já poderia ter lançado mão do aumento do uso dos depósitos judiciais para não atrasar salários, mas, maldosamente, usa os servidores como massa de manobra”, observa.

Na opinião do auditor, o que vem sendo apontado como solução para a crise só vai aprofundá-la. “As políticas de austeridade, usadas na Grécia desde 2008, só aprofundaram a crise e colocaram a população em uma situação de miséria, desemprego e desespero. Isso revela a incapacidade do governador de gestar alternativas.”

A declaração foi dada nesta segunda-feira, durante entrevista do o Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado, após o anúncio do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, de que o salário dos servidores estaduais referente a agosto será pago em quatro parcelas. Publicada no Jornal do Comércio de 1/9/2015

Centro de Auditores Públicos Externos do Tribunal de Contas do Estado / RS