Servidores da Segurança Pública decidem hoje se paralisam nesta terça-feira

188

11887956_947319355314805_4006878758399741706_nReunião de policiais militares e civis se reúnem nesta tarde

Os sindicatos de servidores ligados à Segurança Pública no Estado definem, na tarde desta segunda-feira, se paralisam ou não as atividades nesta terça-feira. De acordo com o presidente da Amapergs/Sindicato, Flávio Berneira Júnior, que trabalha com os servidores da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), os delegados estão sendo consultados e uma decisão deve ser tomada no início da tarde.

Já a Associação Beneficente Antônio Mendes Filho (Abamf), que trata dos servidores de nível médio da Brigada Militar (BM), e o Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia (Ugeirm/Sindicato) se reúnem às 17h desta segunda-feira. Diferente do que ocorreu durante toda a semana passada, nesta segunda-feira, as mulheres e PMs da reserva não impediram a saída de policiais dos batalhões da Capital.

Os protestos de servidores do Estado começaram no início do mês, quando o governo pagou apenas R$ 600 para cada funcionário do Executivo. Outra parcela, de R$ 800, deve ser paga ainda nesta semana. O governo encaminhou para a Assembleia Legislativa (AL) uma série de matérias com o objetivo de conseguir recursos para melhorar a situação financeira do Estado.

Fonte:Rádio Guaíba