Servidores fazem protestos pelo interior em bases eleitorais de deputados governistas

142

12004769_1669235146696357_4588472025160784850_nO movimento unificado de servidores do Rio Grande do Sul começou, nesta sexta-feira (18), uma série de viagens pelo interior do Estado para cidades natais de deputados da base do governo. A ideia é chamar atenção dos eleitores e dos servidores locais a alguns projetos, como o da reforma da previdência dos servidores, aprovado na última quarta-feira (16) e outros, como o aumento de impostos e extinção de fundações.

Os atos começaram em Uruguaiana, na fronteira oeste, onde servidores colaram cartazes e fizeram uma caminhada nas ruas da cidade. “Fizemos isso para chamar atenção dos eleitores, de que os servidores públicos daqueles redutos estarão atentos e cobrando de seus representantes”, explicou o presidente da Federação Sindical dos Servidores Públicos (Fessergs), Sérgio Arnoud. A cidade é reduto eleitoral do deputado Frederico Antunes, líder da bancada do PP. Além de membros de sindicatos, o ato contou principalmente com a presença de professores do 21º Núcleo do Cpers.

Na próxima terça-feira (22), quando acontece nova sessão na Assembleia Legislativa para votação de projetos enviados pelo governo, os esforços do movimento de servidores deve se concentrar em Porto Alegre. Mas, a partir de quarta-feira (23), a ideia é retomar as caminhadas em cidades onde há deputados governistas, segundo Arnoud.

SUL21

20150918-uruguaiana-certo1-600x349