Um dia após retorno ao trabalho, servidores voltam a fazer greve

88
Greve encerrada na última sexta será retomada amanhã Foto: Lauro Alves  / Agencia RBS
Greve encerrada na última sexta será retomada amanhã
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Aulas na rede estadual devem ser prejudicadas pelo movimento

Os servidores do Estado convocaram mais uma greve geral para terça-feira (15). O objetivo é acompanhar na Assembleia Legislativa a votação de projetos polêmicos, como a criação de um fundo complementar de previdência para futuros servidores.

A paralisação pode ser estendida até quarta-feira, caso a sessão termine depois da meia-noite. As informações são do Movimento Unificado de Servidores, que reúne 43 entidades.

O trabalho de professores e profissionais da área de segurança foi retomado nesta segunda-feira (14), após duas semanas de greve em razão do parcelamento de salários. Em frente ao Palácio Piratini e à Assembleia, representantes dos trabalhadores mantêm um acampamento desde a semana passada.

Eles planejam um novo ato no dia 22 de setembro, quando há previsão de votação no Legislativo do projeto que aumenta as alíquotas de ICMS.

Entre os serviços que devem ser afetados com a greve desta terça estão: aulas na rede estadual, registro de ocorrências policiais que não forem consideradas graves, investigações da Polícia Civil e transferências de presos.

GAÚCHA