Batalhão de Operações Especiais terá novo comandante em Santa Maria

127
Major Bastianello (e) vai para o CRPO Central, a convite do comandante regional, coronel Worney, ao centro. No seu lugar, no BOE, assume o major Paulo Antônio Flores (d) Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS
Major Bastianello (e) vai para o CRPO Central, a convite do comandante regional, coronel Worney, ao centro. No seu lugar, no BOE, assume o major Paulo Antônio Flores (d)
Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS

Ao todo, Brigada Militar de Santa Maria terá três mudanças de oficiais

A Brigada Militar de Santa Maria passará por uma pequena reformulação. O major Cleberson Bastianello, que estava no 2º Batalhão de Operações Especiais desde a sua criação, em 2000, e era comandante desde 2012, aceitou convite do comandante regional da BM, Coronel Worney Mendonça, e será chefe da sessão de logística e patrimônio do Comando Regional de Polícia Ostensiva Central.

No seu lugar, assume o então sub-comandante do 1º Regimento de Polícia Montada, major Paulo Antônio Flores de Oliveira, que, por sua vez, dará lugar ao major Nei da Silva Brilhante.

– O Major Bastianelo vai trabalhar junto comigo no Comando Regional. Ele vai assumir toda logística da região, como orçamento dos 29 municípios, controle de armamento, aquisição de produtos, prédio. O major Paulo Antônio vai para o BOE, tenho certeza que fará um bom trabalho também. O major Nei tem bastante experiência, atua no 1º RPMon desde quando era soldado – explica Worney.

O Boletim de Movimentação de Oficiais foi publicado ontem pelo Departamento Administrativo da Brigada Militar. No entanto, as cerimônias de trocas de comando devem ser realizadas dentro de duas semanas.

ZERO HORA