PL 206 é sinônimo de arrocho salarial

167

osorioA ABAMF está participando das diversas manifestações que acontecem contra a aprovação do PL 206/15, de autoria do governo estadual, que está na Assembleia Legislativa. A proposta ainda não foi a votação porque o Executivo ainda não conseguiu votos para aprová-lo.

” O projeto quer congelar o salário, que já é baixo, até 2019. Além disso, estamos em pleno crescimento da inflação, logo a proposta se traduz em arrocho salarial”, disse o presidente da ABAMF, Leonel Lucas.

No parecer elaborado pelo professor e advogado Romeu Karnikowski, a pedido da ABAMF, está um alerta aos parlamentares. O PL 206 é uma cópia da proposição rejeitada no governo Ieda Crusius.

“Cabe lembrar que o PLC 206/2015, é reprodução, praticamente, fiel do PLC 390/2007 que a época visava implantar a famigerada política do Déficit Zero da então Governadora YEDA CRUSIUS (2007-2011), que sem dúvida seria nefasta para Administração Pública estadual. Na verdade o PLC 206/2015 se vale de um subterfúgio semântico onde substitui a proposta de Déficit Zero do PLC 390 derrotado em 2007, substituindo pela nomenclatura gestão fiscal que visa em termos gerais os ajustes das contas públicas do Estado só que sufocando a Administração Pública”.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF