Servidores gaúchos só saberão na véspera se receberão em dia os salários de outubro

166

Piratini-960x600Anúncio, aguardado para hoje, ficou para esta quarta

Servidores do Estado só vão saber na véspera da data de pagamento dos salários se receberão em parcela única ou em mais de uma vez os vencimentos de outubro. A definição, esperada para hoje, foi adiada para esta quarta. A Secretaria da Fazenda ainda contabiliza valores que estão entrando para identificar se a soma garante o total necessário para colocar a folha em dia.

Devido ao ponto facultativo na sexta-feira (30), em função do Dia do Servidor Público, o calendário normal prevê que os salários sejam pagos na quinta-feira (29). Para aguardar a entrada de mais valores, porém, o governo pode rodar a folha de pagamento apenas na quinta, acarretando na liberação dos valores nas contas na sexta-feira. O total necessário é de R$ 1,15 bilhão. Por dois meses o Estado pagou parcelado, mas retomou a quitação integral em setembro.

A Fazenda espera o aporte de recursos extras, como mais de R$ 100 milhões do Fundo de Apoio aos Estados e também quase R$ 30 milhões referentes à compensação das perdas das exportações através da Lei Kandir. Estima-se que a arrecadação com o ICMS neste mês, no entanto, fique abaixo das anteriores.

Para priorizar a remuneração dos servidores, o Estado deve voltar a atrasar repasses a prefeituras, Saúde e Segurança Pública. Se o parcelamento dos salários for necessário, como em julho e agosto, o movimento unificado dos servidores já advertiu para a possibilidade de novas paralisações. As pendências do Estado atingem R$ 750 milhões. Um novo atraso da parcela mensal de R$ 270 milhões da dívida com a União, resultando em mais um bloqueio das contas, também deve ocorrer.

Fonte:Samuel Vettori/Rádio Guaíba