Criminalidade aumenta no terceiro trimestre no Rio Grande do Sul

126

17478552Dos dez itens analisados, seis tiveram aumento nos primeiros nove meses do ano

Dos dez itens que analisam os tipos decrimes mais graves no Rio Grande do Sul, seis tiveram aumento nos primeiros nove meses de 2015 na comparação com igual período do ano passado. Os dados foram divulgados na manhã desta quinta-feira (26) pela Secretaria Estadual da Segurança.

Os crimes de latrocínio, homicídio, roubo e furto de veículos e roubos em geral apresentaram elevação. Já furto, extorsão, extorsão mediante sequestro e estelionato diminuíram no período.

Na análise trimestral de 2015, é possível perceber um aumento da criminalidade no período da greve de policiais civis e protestos de policiais militares, que ocorreu entre agosto e setembro. As manifestações ocorreram em função do parcelamento de salários do funcionalismo público.

Crimes como furto de veículo, roubos, latrocínio e, principalmente, roubo de veículo bateram recorde entre julho e setembro, na comparação com os dois trimestres anteriores.

Comparação dos primeiros nove meses:

Homicídio
2014 – 1.718 ocorrências
2015 – 1.779 ocorrências
Aumento de 3,5%

Furto de veículo
2014 – 17.796 ocorrências
2015 – 15.100 ocorrências
Redução de 15,1%

Latrocínio
2014 – 102 ocorrências
2015 – 106 ocorrências
Aumento de 3,9%

Roubo de veículo
2014 – 10.247 ocorrências
2015 – 13.368 ocorrências
Aumento de 30,4%

GAÚCHA